Chia: a semente milagrosa + Pudim de chia

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Oi pessoal, hoje decidi compartilhar com vocês tudo sobre a chia: semente milagrosa, que promete ajudar no emagrecimento e reduzir a gordura abdominal. Vamos entender como ela faz isso, como devemos ingerir ela e onde comprar 😉

A salvia hispanica, popularmente conhecida como chia é a sensação do momento, é uma planta herbácea, da mesma família que a sálvia, é nativa da Guatemala e das regiões próximas ao México (já viu a receita de guacamole?Confere aqui). Existem evidências que os astecas já cultivavam a chia no século 16.

A parte mais famosa da chia é a semente, que pode ser vendida moída, inteira ou em forma de óleo. A semente é rica como fonte de aminoácidos essenciais, ômega 3 e minerais. Agora para a parte mais interessante:

Os benefícios da chia

chia-semente-milagrosa-corpo-em-forma-brasil

     1. Emagrecimento

A chia ao entrar em contato com a água pode aumentar até 10 vezes seu peso, formando uma espécie de gel, que ajuda no metabolismo lipídico (ocorre no fígado, é responsável por metabolizar dois tipos de lípidos/gorduras, as que nós ingerimos e a reserva do organismo, que é o tecido adiposo).

No nosso estômago a chia dilata ele, ou seja, nos ajuda a controlar o apetite e aumenta a sensação de saciedade. É muito muito útil para quem sofre para perder medidas e tem dificuldades para atingir suas metas.

     2.  Omêga-3

Como já falamos ali em cima a chia é rica em ômega 3, mas você sabe para que ele serve? O ômega-3 é famoso por ser amigo do coração, uma boa ingestão dele nos afasta de doenças cardiovasculares. Quando falamos de ômega-3 é normal pensar em peixes, pelo menos eu sempre faço essa associação. Tá, mas e aí? E aí que meu queixo caiu quando eu descobri que apenas 4 gramas de chia tem a mesma quantidade de ômega-3 que 100 gramas de salmão!!!

3. Ferro

100 gramas dessa semente ma-ra-vi-lho-sa tem três vezes mais ferro que 100 gramas de espinafre. Uma substituição ótima para quem não gosta muito de espinafre e outros verdes ricos em ferro.

4. Massa muscular

A chia tem uma superdosagem de proteína quando comparada por exemplo com o milho ou arroz integral, ninguém ta falando para cortar carnes e outras fontes de proteína, até porque uma porção de chia atende menos de 10% da quantidade necessário de proteína por dia, mas mesmo assim, quem imaginava que uma semente tão pequena além dos outros benefícios citados também nos ajuda com a manutenção de massa muscular, fornecimento de energia para as células nervosas e ainda complementa a quantidade de proteínas necessárias.

 

 5. Cálcio

Meu queixo já estava lá embaixo por causa do ômega-3, quando vi sobre o cálcio desceu mais um pouquinho heheh. A semente de chia, que depois que preparei este post para vocês já virou minha queridinha <3 tem mais cálcio que o leite também. Pouco mais de duas colheres de sopa de chia já possuem 21% da quantidade diária de cálcio que precisamos. O cálcio é importante na formação óssea e evita o aparecimento de doenças como a osteoporose.

Eu poderia continuar e citar muito mais benefícios, como a vitamina A, que ajuda a precaver o envelhecimento da pele e dos olhos, o magnésio e por aí vai, mas acho que já convenci vocês que a chia é ótima né?

Vamos aprender como consumir então.

A quantidade ideal por dia é de 25 gramas, mais ou menos duas colheres de sobremesa. Você pode misturar em uma garrafinha de água, esperar ela aumentar de tamanho e beber antes das refeições. Se não quiser beber, você pode misturar as 25 gramas com um pouco de água e deixar repousando por meia hora, vai formar um gel, o ideal é consumir logo que atingiu a textura, aí você usa sua criatividade, mistura no suco, na vitamina, na salada, no molho você escolhe.

Outra ideia legal, que aprendi com nossa amiga vegana, um beijo Dani 😉 é substituir os ovos nas receitas por esse gel, é incrível como funciona. Basta misturar 60 ml de água com uma colher de sopa de chia, esperar formar o gel e pronto, essa misturinha equivale a um ovo na hora de substituir.

Tá com preguiça de medir e preparar o gel, você pode simplesmente adicionar uma colher de chia na sua refeição/suco/iogurte etc. O efeito será o mesmo, a única diferença é que o gel se formará dentro de você e não no potinho.

Se você leu até aqui preparamos dois bônus, sobremesas deliciosas e saudáveis com chia.

 

#1 Pudim de chia com framboesa

A receita é um pudim de chia com gelatina natural de framboesa, se na sua cidade for difícil de achar framboesa dá para trocar por morango também e fica tão gostoso quanto. (foto do topo da matéria)

Ingredientes: 

150 ml de framboesa batida

100 ml de água

7 g de gelatina sem sabor

400 ml de leite de coco

6 colheres de sopa de chia

3 colheres de agave para adoçar, pode usar mel, melado ou até açúcar, mas de preferência pelos outros antes do açúcar. (Se seu paladar não exigir o doce, pode até fazer sem nada, depende quão doce estão as framboesas também.)

Modo de preparo: Primeiro você prepara a gelatina, esquente os 100 ml de água e dissolva a gelatina nele, junte a framboesa já batida no liquidificador. Monte no fundo de taças e leve a geladeira por duas horas. PS: na foto está ao contrário, mas é porque não tinha gelatina no dia e fiz uma geleia de framboesa para colocar em cima. Para fazer o pudim basta misturar o restante dos ingredientes (leite de coco, chia e agave) em um pote com tampa, chacoalhe o pote muito bem, depois basta completar a taça e levar para a geladeira por mais algumas horas.

 

#2 Pudim de chia com manga

Pudim de chia com manga - receita pudim sem glúten e sem lactose

Ingredientes

400 ml de leite de coco

6 colheres de sopa de chia

1 manga madura

adoçar apenas se necessário

 

Modo de preparo: Descase a manga e jogue metade dela no liquidificador com os 400 ml de leite de coco, bata até ficar homogêneo. Coloque as seis colheres de chia para hidratar junto com essa mistura, já no recipiente que você pretende servir. Corte a outra metade da manga em pedaços pequenos e disponha no topo do copo.

Dica CFB: A hortelã dá um toque charmoso 😉

 


Lembrando que a chia não fará milagres sozinha, é enorme a quantidade de histórias de pessoas que emagreceram utilizando a chia, ela realmente ajuda, dá mais disposição e bom humor além dos resultados aparecerem mais rápidos, mas, todas as histórias de sucesso, do tipo, perdi 30kg com a chia estão aliadas a uma alimentação saudável e exercícios físicos.

 

Gostou da matéria?

Imagine como seria ter uma vida mais saudável e consequentemente mais feliz

Separamos aqui algumas matérias recomendadas para você, elas serão muito valiosas na sua jornada por uma vida mais leve, basta escolher as suas matérias preferidas e aproveitar!

Receitas salgadas:

Biscoito de Gergelim sem glúten e sem lactose →

Torta de legumes simples →

Pão de liquidificador sem glúten e sem lactose →

Receitas doces:

Receita de creme de avelã caseiro →

Receita base para sorvete caseiro sem glúten e sem lactose →

Capuccino sem glúten e sem lactose →

Brownie de batata doce fit →

Pudim sem glúten e sem lactose  →

Saúde:

Como tratar a compulsão alimentar →

Benefícios do Aipim para quem malha →

Goji Berry – O segredo →

Tem algo que você descobriu de legal aqui na Corpo em Forma Brasil ou sabe de algo que pode ajudar outros leitores? Escreva nos comentários.

Vamos adorar saber!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *